Your address will show here +12 34 56 78
Incerteza e Valuation

As incertezas no atual cenário brasileiro são consideráveis, especialmente para decisões de investimento. Se por um lado nos encontramos numa ambiente de provável retomada do crescimento econômico, apos a pior recessão dos últimos 100 anos; por outro lado, as incertezas, a respeito do timing da retomada e sua magnitude, são elevadas. Segundo projeções levantadas pelo Banco Central, para 2018 temos uma projeção de inflação na casa dos 4%, crescimento econômico levemente abaixo de 2,7% e uma taxa de juros que ao que todo indica, poderá ser inferior aos 7% ao ano. Não serão fáceis as decisões de investimento neste contexto. Teremos um ambiente de juros historicamente baixos, e uma perspectiva de crescimento a taxas bastante moderadas quando comparadas a recessão da qual estaríamos saindo.

 

Para navegar a situação precisamos de ferramentas que tanto precifiquem o potencial de ganho como ponderem a incerteza existente.

 

Sempre que projetamos o futuro, independente de se tratar de um novo projeto, uma grande aquisição, ou ate uma reestruturação em uma empresa existente, precisamos ponderar que o futuro não pode ser representado por um único número. Costuma se valorizar uma empresa através de um valuation que nos proporciona uma certa faixa de valores sob certas premissas. A incerteza em um ambiente de negócios compreendido por um período de 4-8 anos, o típico num valuation tradicional, é expressiva para simplesmente ser representada por uma faixa de valores. Mas ainda, quando nem sequer as premissas poderiam ser corretamente representadas com uma simples faixa de valores.

 

Ao valorizarmos uma empresa,  novo negocio, aquisição, ou empreendimento, temos de definir premissas para variáveis totalmente fora do nosso controle e ate as vezes também fora do nosso entendimento, como taxas de crescimento, taxas de risco, evolução da demanda e preços num longo período prospectivo.

 

Precisamos de uma metodologia que nos permita avaliar, pela mesma régua, todo tipo de negocio, seja uma aquisição, um novo empreendimento, ou ate uma aplicação financeira. Precisamos poder comparar um investimento em um novo empreendimento imobiliário com uma aquisição empresarial e ate com um investimento financeiro. Esta única régua terá de ponderar tanto o retorno relativo de todo possível negocio, seu risco, prazo, exposição de recursos. Em todos os possíveis negócios, sob as mesmas premissas iniciais de crescimento econômico e taxas de risco. A exigência não é pequena, mas perfeitamente possível no poder de calculo  que hoje temos a disposição.

 

A tecnologia atualmente existente nos permite gerar simulações com literalmente milhões de cenários randomicamente gerados. Ou seja, podemos gerar aleatoriamente tanto distribuições para nossas premissas e inputs, como para os resultados de valorização e risco propriamente ditos. Esta possibilidade nos permite testar inúmeras possibilidades e cenários numa velocidade de alguns minutos.

 

Com nosso software criamos randomicamente cenários para as premissas, que logo servem de input para as simulações de Valuation. Obtemos desta forma o valuation da empresa, negocio ou empreendimento probabilisticamente ponderado.

As faixas de valores para a tomada de decisões são agora representados probabilisticamente:

  1. Valor da empresa com probabilidade maior a um certo patamar mínimo, compatível em todos os cenários projetivos.
  2. Mínimo valor aceitável para a empresa em base a patamar elevado de probabilidade em todos os cenários projetivos.

    Contate-nos para uma apresentação na sua empresa: ps@nogah.com.br

     

    Para navegar a incerteza precisamos de ferramentas que tanto precifiquem o potencial de ganho como ponderem a incerteza existente.

0

Incerteza e Valuation

To navigate an enterprise under an uncertain environment, we need tools that both specify the earning potential and weigh the existing uncertainty.

 

Business projections are a crucial initial step to valuing the enterprise, whether it is a new project, a major acquisition, or even a restructuring of an existing company. A general tendency is to construct business projections represented by a single value per time point, as for example monthly future sales in years ahead, and so one, giving a single two-dimensional representation.

 

We need to consider that the future cannot be represented by a single number or even a range of numbers. Sales, and even more critical, cash flow generation, in future periods, are insufficiently characterized in a two-dimensional representation.

 

Companies are usually valued through a methodology that gives us a certain range of values under certain assumptions. Uncertainty in a business environment spanning 4-8 years, the typical one in a traditional valuation, is expressive to simply be represented by a range of values. Also considering that not even the premises could be correctly represented with a simple range of values.

 

But the problem is even deeper and transcend the uncertainty in projections. When valuing a company, new business, acquisition, or enterprise, we need to define assumptions for variables that are totally beyond our control and often beyond our understanding, such as growth rates, risk rates, and how they evolve in a long prospective period.

 

We need a methodology that allows us to evaluate, by the same rule, all types of businesses, whether it is an acquisition, a new venture, or even a financial investment. We need to be able to compare all these different types of investments. This single rule will have to weigh both the relative return of every possible business, its risk, time horizon, and resource exposure; all under the same initial assumptions of economic growth and risk rates. The methodology needs to go beyond the two-dimensional description of the data variables, at least, on the most sensible ones. The requirement is not small, but perfectly possible within the calculation power that we have at our disposal today.

 

Current technology allows us to simulate literally millions of generated scenarios. That is, we can generate distributions for both, our assumptions and inputs, and for valuation and risk results themselves. This allows us to test countless possibilities and scenarios at a speed of a few minutes.

 

Our software creates multiple probabilistically distributed scenarios for the assumptions, which soon serve as input to the Valuation simulations. We thus obtain a probabilistically weighted valuation for the company, business or venture.

 

The ranges of values for decision making are now represented probabilistically, for example:


  1. a) The simulated value for the company with probability greater than a certain minimum, compatible in all the projective scenarios.

  2. b) The minimum acceptable value for the company based on a high probability level in all projective scenarios.



Contact us for more information: ps@nogah.com.br

 

3.769

Incerteza e Valuation

Ao valorizar empresas, projetos, ou negócios, as metodologias tradicionais requerem representar o risco do negocio através de um único numero, a taxa de desconto. Dada a incerteza inerente em toda variável futura, e especialmente considerando que a taxa de desconto é uma das variáveis nas quais o valor da empresa é mais sensível, na Nogah Tecnologia possuímos software e algoritmos para valorizar seu negocio através de simulações probabilísticas nas quais a taxa de desconto é definida através de uma distribuição de valores, o que melhor representa nossa incerteza nesta variável. Obtemos, por meio de nossas simulações probabilísticas do tipo Monte Carlo, o valor da empresa probabilisticamente ponderado.

As faixas de valores para a tomada de decisões são representados probabilisticamente:

  1. Valor da empresa com probabilidade maior a um certo patamar mínimo, compatível em todos os cenários projetivos.
  2. Mínimo valor aceitável para a empresa em base a patamar elevado de probabilidade em todos os cenários projetivos.

Contate-nos para modelar seu projeto ou negocio: ps@nogah.com.br

1